Benefícios da Cirurgia Bariátrica​

Benefícios da Cirurgia Bariátrica​

Perder peso pode ser difícil. Como muitas pessoas, provavelmente você tentou fazer dieta e exercícios. Às vezes isso funciona, mas nem sempre é uma solução duradoura. Pode parecer que você tenha ficado sem opções, mas não ficou. A cirurgia bariátrica pode ajudar você a finalmente encontrar esperanças e sucesso em sua jornada para uma versão mais saudável de você mesmo. ​

Como a cirurgia bariátrica pode ajudar você?​

  • Perda de peso em longo prazo. A cirurgia pode ajudar você a perder peso e a mantê-lo longe. O National Institutes of Health (NIH) [Instituto Nacional de Saúde] reconheceu a cirurgia bariátrica como o tratamento mais eficaz para enfrentar a obesidade grave e manter a perda de peso em longo prazo.1 Libertar-se do ciclo de ganho de peso possibilita que você gaste mais energia em coisas que importam mais para você. ​
  • Melhoria de condições de saúde. A cirurgia pode melhorar ou até mesmo aliviar condições relacionadas ao peso, como diabetes tipo 2,2,3 apneia do sono,2,4 dor articular,5 pressão arterial elevada,2,4 colesterol elevado6* e mais. A maioria das pessoas que realizam a cirurgia apresenta uma redução significativa no número de medicações ingeridas3 relacionadas à obesidade, bem como redução em custos com assistência médica.7,8
  • Melhor qualidade de vida. Um peso mais saudável possibilita um senso renovado de si mesmo. Após a cirurgia, os indivíduos relataram aumento da autoestima e autoconfiança. Também vivenciaram mais oportunidades econômicas e passaram mais tempo fazendo atividades físicas e recreativas. ​

Os resultados de saúde variam, dependendo do indivíduo, tipo de procedimento e nível de comprometimento com as mudanças de estilo de vida. Converse com seu médico sobre os possíveis benefícios para você. Também pode ser útil falar com um cirurgião bariátrico, que pode lhe informar mais sobre os riscos da cirurgia e o processo em geral.

Referências

*Figure is for hyperlipidemia. Hyperlipidemia is a general term used for high fats in blood, which may include cholesterol and/or triglycerides.​
1. Buchwald H. Consensus Conference Statement Bariatric Surgery for Morbid Obesity: Health Implications for Patients, Health Professionals, and Third-Party Payers. Surg Obes Relat Dis. 2005;1:371-381.​
2. Tice JA, Karliner L, Walsh J, et al. Gastric banding or bypass? A systematic review comparing the two most popular bariatric procedures. Am J Med. 2008 Oct;121(10):885-893​
3. Schauer PR, Kashyap SR, Wolski K, et al. Bariatric surgery versus intensive medical therapy in obese patients with diabetes. N Engl J Med. 2012 Apr 26;366(17):1567-1576.​
4. Brethauer SA, Hammel JP, Schauer PR. Systematic review of sleeve gastrectomy as staging and primary bariatric procedure. Surg Obes Rel Dis. 2009;5(4):469-475.​
5. Sugerman HJ, Felton WL III, Sismanis A, Kellum MJ, DeMaria EJ, Sugerman EL. Gastric surgery for pseudotumor cerebri associated with severe obesity. Ann Surg. 1999; 229(5):634-642.​
6. Buchwald H, Avidor Y, Braunwald E, et al. Bariatric surgery. A systematic review and meta-analysis. JAMA. 2004;292(14):1724-1737.​
7. Cawley J, Meyerhoefer C. The medical care costs of obesity: an instrumental variables approach. J Health Econ. 2012;31(1):219-230. ​
8. Finkelstein EA, Trogdon JG, Cohen JW, Dietz W. Annual medical spending attributable to obesity: payer and service-specific estimates. Health Aff. 2009;28(5):w822-w831.​

162586-201211